fbpx

Sistemas de vendas: 5 coisas a considerar antes de escolher

Confira 5 coisas a considerar ao escolher sistemas de vendas

Cada vez mais empresas estão abraçando a transformação digital, e por isso, os sistemas de vendas passam a ter uma importância indiscutível na otimização dos processos comerciais.

Porém, optar por um novo sistema de vendas vai além do preço. Você precisa considerar coisas como público, tipo de sistema ideal, funcionalidades e armazenamento (local x nuvem).

Hoje, você vai aprender tudo o que precisa analisar na hora de escolher seu novo sistema de vendas.

  1. O que são sistemas de vendas
  2. Importância do sistema de vendas
  3. 5 coisas a se considerar antes de escolher seu sistema de vendas
    1. Público
    2. Tipo de sistema
    3. Funcionalidades
    4. Baseamento em nuvem.

O que são sistemas de vendas

Os sistemas de vendas são softwares desenvolvidos especialmente para organizar e otimizar o processo comercial. Seja em apenas um aspecto, como na geração de leads ou abrangendo todo o funil de vendas.

Conheça a importância do funil de vendas para o seu processo comercial

Para tanto, contam com recursos que ajudam na gestão do relacionamento com o cliente, registrar dados de compradores, automatizar atividades comerciais e ajudar na previsão de vendas.

Além de permitir a construção e análise de relatórios de vendas, bem como a gestão da equipe comercial.

Importância dos sistemas de vendas

Os sistemas de vendas são fundamentais para otimizar processos de vendas, aumentando a eficiência do seu departamento comercial.

Afinal, com um bom sistema de venda, sua equipe perde menos tempo com tarefas burocráticas e pode dedicar mais tempo para vender.

Sem um sistema de vendas, os vendedores passam menos tempo vendendo
Sem um sistema de vendas, os vendedores passam menos tempo vendendo

Com os sistemas de vendas, também é possível usar as métricas para acompanhar a evolução dos esforços de vendas.

O que te permite perceber falhas a tempo de corrigi-las e impedir que a equipe saia do curso rumo ao alcance da meta.

Também onde é possível apontar a viabilidade das próprias metas, permitindo que elas sejam ajustadas para serem desafiadoras, porém possíveis.

Com o suporte dos sistemas de vendas, você também tem acesso a um pipeline visual, onde pode observar a evolução dos compradores em cada etapa do funil de vendas.

Assim, você podecriar previsões de vendas (e receita) mais precisas.

Por fim, os sistemas de vendas facilitam a criação de relatórios contribuindo com dados sólidos para uma tomada de decisão estratégica.

5 coisas a se considerar antes de escolher seu sistema de vendas

Quando você precisa escolher o sistema de vendas para automatizar e otimizar seu processo comercial, é preciso considerar vários fatores.

Como, por exemplo, funcionalidades, preços, facilidade de uso e garantia de suporte. Além de integrações para garantir a centralização de processos.

Mas, além do básico, você precisa pensar também em outros aspectos – como os que veremos a seguir:

1. Considere seu público

Primeiro, você deve considerar o público para o qual vende. 

Você vende para pessoas?  Se sim, essa modalidade de público é conhecida como B2C (business to customer), e exige algumas funcionalidades específicas dos sistemas de vendas.

Por exemplo, um sistema que tenha integração com e-commerce (para registrar as vendas), redes sociais (para facilitar o envolvimento com os clientes e possíveis compradores), entre outros.

São empresas? Esse público é chamado de B2B (business to business – empresa para empresa).

Nesse caso, você precisa de funcionalidades que te ajudem a encontrar empresas para negociar.

Como, por exemplo, um recurso onde você possa preencher os nomes, CNPJs, endereços ou mesmo os nomes dos sócios para encontrar empresas específicas.

Com o Consulta CNPJ da Leads2b você encontra empresas através de critérios variados
Com o Consulta CNPJ da Leads2b você encontra empresas através de critérios variados

No B2B, dificilmente uma venda é feita na primeira ligação ou primeiro e-mail. 

Convencer os potenciais clientes dessa modalidade leva mais tempo e, por isso, é preciso fazer acompanhamentos (conhecidos como follow-ups) até que os decisores resolvam fechar negócio.

Para isso, você precisa de um sistema que dispare um alerta para que seus vendedores não esqueçam de fazer os acompanhamentos nos dias certos.

Se sua equipe é dividida entre pré-vendas e vendas, você também precisa considerar funcionalidades que otimizem as tarefas dos pré-vendedores.

Como, por exemplo, a qualificação:

Qualificação pré-configurada Leads2b
Qualificação pré-configurada Leads2b

Outro recurso importante para vendas B2B é a automação da proposta comercial ou orçamento.

Com ele, os vendedores ganham tempo enviando as propostas diretamente pelo sistema e registrando o aceite assim que ele é confirmado pelo cliente – otimizando a etapa de fechamento e garantindo melhor experiência ao comprador.

Automação do envio de propostas comerciais/orçamentos pela Leads2b
Automação do envio de propostas comerciais/orçamentos pela Leads2b

Isso sem falar nas automações básicas, como a de ligações, e-mails e videoconferências (que são cada vez mais importantes no sistema de vendas remotas).

2. Escolha o tipo de sistema ideal

Existem inúmeros sistemas de vendas no mercado, todos com características parecidas, mas com certos recursos exclusivos.

Você vai encontrar sistemas de vendas completos (que abrangem todo o departamento comercial) e softwares focados em somente algumas funcionalidades específicas.

Por exemplo, uma ferramenta para geração de leads, outra com foco específico em automação de e-mail marketing, alternativas dedicadas a ligações comerciais ou sistemas de CRM para registrar interações com clientes e organizar seus dados.

Também existem alternativas dedicadas a ligações comerciais ou sistemas de CRM, que registram interações com clientes e organizam seus dados.

Tanto as plataformas completas como as ferramentas dedicadas têm suas vantagens. 

Escolher entre uma ou outra depende da disponibilidade da empresa para cobrir as despesas com as integrações ou a necessidade de recursos adicionais específicos.

Falando em funcionalidades…

3. Priorize sistemas com as funcionalidades que sua equipe comercial precisa

Ao escolher entre os diferentes sistemas de vendas, você vai se deparar com diversas funcionalidades.

Mas, isso não significa que a alternativa com mais recursos é necessariamente a melhor. 

A escolha ideal é aquela que traz os recursos que a sua equipe comercial precisa e vai utilizar em sua rotina de trabalho.

Não adianta pagar a mais por funcionalidades que seus vendedores sequer terão oportunidade de usar – mesmo que pareçam revolucionárias.

Escolha o sistema de vendas com as funcionalidades ideais para sua equipe
Escolha o sistema de vendas com as funcionalidades ideais para sua equipe

A maioria dos sistemas de vendas tem diferentes planos, com recursos diferentes – que você pode adaptar.

Por exemplo, se você opta por um plano com os recursos básicos, mas precisa de um limite maior de disparos de e-mail, mais minutos para ligações ou acesso para usuários extras, pode incluí-los por um preço adicional.

4. Prefira sistemas que garantem suporte de implementação

Quando falamos em sistemas de vendas, um fator importante a considerar é a implementação.

Afinal, por se tratar de um sistema, será preciso fazer instalações e configurações – o que requer um suporte completo para garantir a eficiência da solução.

Uma boa implementação impacta na adoção do sistema de vendas e no ROI
Uma boa implementação impacta na adoção do sistema de vendas e no ROI

Além disso, sua equipe comercial vai precisar passar por um treinamento para aprender a usar o sistema, tirando o máximo proveito dele.

O que é fundamental, já que, se sua equipe não conseguir operar o sistema e entender o quanto ele ajuda a otimizar o trabalho, não irão utilizá-la, recorrendo aos métodos tradicionais.

Com isso, o dinheiro investido na ferramenta adquirida terá sido desperdício.

Por isso, é fundamental optar por uma alternativa que garanta total suporte de implementação.

5. Sistemas de vendas baseados em nuvem são melhores

Pelo menos 81% dos usuários de sistemas de vendas o acessam usando vários tipos de dispositivos, incluindo laptops, desktops, smartphones e tablets.

Além disso, a acessibilidade de dados encurta o ciclo de vendas de 8% a 14%.

O que demonstra a importância de optar por sistemas de vendas baseados em nuvem – que é, aliás, a preferência de 63% das empresas.

Afinal, assim os vendedores conseguem acessar os principais dados de negócios de qualquer lugar, em qualquer dispositivo. 

Tudo o que precisam é de uma conexão com a internet e um navegador para fazer login para acessar os dados do processo comercial, permitindo controle total sem precisar estar no escritório.

Sem falar que armazenar dados localmente pode ser extremamente arriscado para as empresas, principalmente com a vigência da Lei Geral de Proteção de Dados.

Se ocorrer roubo ou dano, esses dados podem se perder ou até mesmo cair nas mãos erradas, além de levar a penalidades pela LGPD.

Quer entender melhor sobre a Lei Geral de Proteção de Dados? Leia o e-book abaixo e descubra tudo o que precisa saber sobre a LGPD:

Os sistemas de vendas ajudam a manter a conformidade com a LGPD

Independentemente do tamanho ou tipo do seu negócio, manter as informações dos clientes seguras deve ser uma prioridade principal.

Nos sistemas baseados em nuvem, os dados são armazenados em vários servidores externos, o que significa que mesmo que sua empresa se torne alvo de furto, seus dados mais importantes têm maior chance de permanecer seguros.

Por fim, os sistemas de vendas baseados em nuvem são mais escalonáveis. 

Em outras palavras, recebem as atualizações mais recentes sem precisar passar por um longo tempo de inatividade – como é o caso dos sistemas locais.

Conclusão

Os sistemas de vendas otimizam e organizam o processo comercial, melhorando sua eficácia e eficiência.

Com eles, sua equipe pode automatizar várias tarefas de vendas, enquanto você pode controlar cada etapa do processo comercial, mantendo-se no caminho rumo ao alcance das metas.

Mas, para que os sistemas de vendas sejam realmente efetivos, eles precisam ser escolhidos com sabedoria.

Os principais aspectos que você deve considerar são: seu público, o tipo de sistema ideal para sua empresa, funcionalidades práticas e – sempre que possível – opte por alternativas baseadas em nuvem.

Precisando implementar um novo sistema de vendas? 

Converse com um de nossos consultores e descubra como a Leads2b pode automatizar seu departamento comercial com praticidade e eficiência.

Jéssica Muller   <i class="fab fa-linkedin"></i>
Jéssica Muller  

Mãe, sagitariana, geek e apaixonada por leitura (leio 150 livros por ano). Pode me chamar de príncipe dos Sayajins.

Veja todos os artigos da Jéssica  
posts recentes
Sistemas de vendas: 5 coisas a considerar antes de escolher 1

A Black Friday no mercado B2B compensa, sim. Mas alguns fatores devem ser considerados. Descubra quais são e por que considerá-los!

Aprenda a usar as OKRs para definir e monitorar suas metas comerciais

Descubra o que é, os componentes, 5 benefícios, 8 passos para implementar, 7 dicas e 4 erros que se deve evitar ao usar as OKRs.

Aprenda como fazer a avaliação de desempenho individual dos seus vendedores

Descubra como fazer uma avaliação de desempenho individual de vendedores e use nosso modelo para aplicá-la com sucesso em sua equipe!

Aprenda a fazer a integração de sistemas e vendedores para alcançar a máxima performance em vendas

A integração de sistemas e vendedores otimiza processos e impulsiona a produtividade da sua equipe. Aprenda de vez como fazê-la!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

aumente suas vendas

Descubra como é possível melhorar suas vendas com a Leads2b.