Como vender nas redes sociais?

Descubra como vender nas redes sociais em 4 passos, 3 dicas imbatíveis e seguindo estratégias para as 3 principais mídias

Existe um problema antigo com as vendas: se pudéssemos fazer com que mais pessoas prestassem atenção em nós, poderíamos construir relacionamentos que levassem às vendas.

Felizmente, isso pode ser resolvido ao vender nas redes sociais. Afinal, essas mídias oferecem uma fonte incrível de oportunidades de negócios. 

Além disso, empresas que fazem vendas pelas redes sociais conseguem um ganho de 16% na receita ano a ano. 

Portanto, ao abordar essa estratégia do jeito certo, é possível construir muitos relacionamentos que podem ser cruciais para aumentar suas vendas e trazer sucesso para sua empresa.

Mas aí entra a questão: como fazer isso? É o que vamos te mostrar no post de hoje!

Benefícios de vender nas redes sociais

Fazer vendas pelas redes sociais só tem a beneficiar marcas e empresas, independente do mercado.

Afinal, quanto mais lugares você estiver, mais exposição sua marca terá. Simples assim. 

O que nos leva ao benefício número um:

#1 Alcança mais clientes

Quando você atrai mais clientes, está se dando a oportunidade de vender para muito mais pessoas do que antes. 

Vender nas redes sociais através de várias plataformas dá acesso a literalmente bilhões de clientes em potencial.

#2 Maior Visibilidade e Conscientização

Mesmo se você não tiver compras no primeiro dia em que começar a vender nas redes sociais, seu negócio vai continuar crescendo. 

Você está desenvolvendo o conhecimento da marca em vários canais e levando o nome da sua empresa mais longe do que antes.

Além disso, nas palavras da Dra. Rachna Jain, especialista em psicologia da mídia social:

“Quando as pessoas te veem mais, elas gostam mais de você. Resumindo: a familiaridade gera simpatia. Especialmente se você for visto como alguém que lhes dá valor, compartilha bom conteúdo ou informação relevante. ”

#3 Mais engajamento

Ao vender nas redes sociais, você consegue estabelecer um relacionamento com seus clientes e oferecer uma melhor experiência. 

Os clientes podem fazer perguntas e você pode respondê-las em tempo real, da mesma forma que faria se estivessem na sua empresa. 

Além disso, o motivo pelo qual a mídia social foi estabelecida foi para ajudar as pessoas a serem mais sociais em uma mídia diferente.

Então, por que não usá-la para o propósito pretendido?

Usar as redes sociais para vender traz inúmeros benefícios
Usar as redes sociais para vender traz inúmeros benefícios

Como vender nas redes sociais

Já vimos que vender nas redes sociais traz muitos benefícios para as empresas – mais do que aumentar as vendas em si.

Agora, vamos ver o que é preciso para você começar a fazer vendas nas redes sociais.

#1 passo – Esteja onde seus clientes estão

A base para ter sucesso ao vender nas redes sociais é estar onde seus clientes estão. 

Por exemplo, se você atua com moda, design de interiores e paisagismo, as redes sociais mais indicadas são Instagram e Pinterest – que têm maior apelo visual. 

Mas, se você atua com vendas B2B, as melhores mídias sociais são o LinkedIn e o Twitter. Afinal, são nessas redes que estão os tomadores de decisão.

Apesar disso, vale destacar que as vendas B2B não precisam se limitar ao LinkedIn, como muitos acreditam. Muitas outras apresentam bons resultados para esse segmento, como podemos ver no gráfico abaixo:

As vendas nas redes sociais de empresas B2B não precisam se restringir ao LinkedIn
Outras redes sociais além do LinkedIn apresentam bons resultados para empresas B2B

Ao vender nas redes sociais, você também deve considerar a faixa etária do seu público. 

Por exemplo, se você vende implantes dentários – que são destinados geralmente a pessoas na faixa entre 50-64 até mais de 65 anos, deve saber que esse público é mais ativo no Facebook e YouTube. 

Essa não é uma regra, claro. Porém, é importante entender que cada rede tem um público característico e que nem sempre é relevante para o seu negócio estar em todas elas.

Ao vender nas redes sociais, também é importante observar as faixas etárias que mais frequentam determinados canais
As redes sociais também podem ser escolhidas de acordo com a faixa etária do seu público-alvo

Conhecendo sua persona, você vai saber qual é o perfil dos seus compradores e – assim – consegue decidir com maior assertividade em quais canais deve estar para vender nas redes sociais.

#2 Passo – Mostre seu melhor

Sua imagem é tão importante no mundo digital quanto no mundo real. E, ao vender nas redes sociais isso é duplamente verdade.

Online, a imagem do seu perfil é a primeira coisa que os potenciais clientes veem. Então, é fundamental causar boa impressão. 

Se você é um vendedor autônomo ou representante de vendas, use uma imagem profissional que mostre o quanto você é confiável e amigável.

Já as empresas devem usar suas logomarcas, sempre em alta resolução. 

Além disso, sua apresentação em qualquer rede social deve cumprir tudo o que uma saudação ou um aperto de mão fariam pessoalmente. 

Ou seja, escreva cada palavra pensando em seus clientes e em como você quer que eles te enxerguem.

Escreva sua apresentação tendo em mente seus potenciais clientes
Escreva sua apresentação mostrando aos seus clientes a importância do que você faz

Outro ponto importante: suas informações de contato devem ser facilmente identificadas. 

As pessoas precisam ver logo de cara qual é seu e-mail, seu número de telefone, seu WhatsApp, para que consigam se comunicar facilmente com você (ou sua empresa).

Sempre mantenha seus dados acessíveis para que o clientes entrem em contato com você sem dificuldades.
Sempre mantenha seus dados acessíveis e atualizados ao vender nas redes sociais

#3 Passo – Não se limite a vender nas redes sociais

Sua marca precisa ter uma personalidade. Afinal, você quer que as pessoas conheçam mais sobre sua empresa do que apenas seus produtos. 

Além disso, sua prioridade deve ser construir a confiança de seus seguidores. 

Essa é a base para estabelecer sua marca como confiável, a empresa com a qual os clientes querem negociar regularmente. 

Portanto, apareça de forma consistente em seus feeds com postagens valiosas, sempre mantendo envolvimento com seus seguidores. 

Isso significa interagir com eles compartilhando dados e estatísticas relevantes, além de tendências e novidades interessantes.

No exemplo abaixo, a Pontomais – empresa que fornece um sistema para registro de jornada de trabalho online – informa sobre novos critérios para o auxílio doença. 

O post trata, portanto, sobre uma novidade relevante para público-alvo da marca.

Faça como neste exemplo da Pontomais: compartilhe informações relevantes para o público, além de postagens de vendas
Mais do que posts de vendas, é fundamental compartilhar conteúdo de valor

Mas, quando for abordar um potencial cliente para vender seu produto/serviço…

Sempre que for abordar um potencial cliente, faça através de mensagens privadas e siga a estrutura:

  • Apresentação pessoal: informe seu nome, qual empresa você representa ou produto/serviço você oferece
  • Qual a intenção do seu contato: diga porque você acha que esse potencial cliente poderia se beneficiar do que você está oferecendo.
Exemplo de abordagem ao fazer vendas nas redes sociais
Use esse modelo de abordagem ao vender nas redes sociais

#4 Passo – Não ignore os comentários 

As pessoas definitivamente terão perguntas sobre seus produtos. 

E, quando você se deparar com essas perguntas, responda o mais rápido possível

Afinal, quanto maior o engajamento que você tiver com seus potenciais clientes, maior será a probabilidade de eles comprarem de você.

Além disso, não esqueça que você deve responder também às reclamações. E sim, eventualmente elas vão surgir, já que as redes sociais são o SAC 2.0.

Nesses casos, sempre responda chamando para o privado – de preferência continuando a tratativa por e-mail ou telefone.

E lembre-se de nunca – jamais – discutir com o cliente nas redes sociais.

Abaixo, temos um exemplo de uma tratativa de reclamação bem sucedida da VR Benefícios:

Mesmo as reclamações precisam ser respondidas quando você quer vender nas redes sociais
Exemplo de tratativa de reclamação da VR Benefícios

Dicas para vender nas redes sociais (para cada canal)

Como vimos, vender nas redes sociais exige respeitar as particularidades de cada canal. 

Por isso, separamos dicas específicas para 3 das mais usadas entre eles: o Facebook, o Instagram e o LinkedIn.

Facebook

  • Menos às vezes é mais

Ao vender no Facebook, você sempre terá mais sucesso ao aumentar as postagens ou veicular anúncios para seus produtos. 

Mas é importante lembrar de não sobrecarregar os usuários, ou eles podem parar de te seguir e até bloquear você.

Em vez disso, coloque um limite de frequência em seus anúncios para limitar o número de vezes que um usuário o vê.

Além disso, uma regrinha básica é manter as postagens de vendas sob controle. Para isso, reserve apenas 20% dos posts para vendas e 80% para conteúdo relevante.

Um público engajado e educado tem muito mais chance de comprar de você do que um que é sobrecarregado com postagens de vendas.

  • Anúncios do Facebook aumentam as vendas

Promova produtos personalizados ou feitos sob medida para as necessidades do seu cliente-alvo, e suas vendas com certeza vão aumentar.

  • Mas, ao anunciar, personalize

Acredite ou não, os usuários realmente preferem isso. 

Eles preferem ver um anúncio específico de algo que realmente gostariam do que ver um monte de anúncios de soluções que não fazem sentido para eles e apenas congestionam seu feed de notícias.

Para vender nas redes sociais, o ideal é contar com uma ferramenta que dê suporte em todo o processo comercial

Instagram

  • Imagens profissionais de alta qualidade

O Instagram, como já vimos antes, é uma plataforma baseada em visual. 

Ou seja, os usuários prestam atenção na imagem do seu produto primeiro e depois o conteúdo (ou legenda). 

Portanto, certifique-se de que suas imagens estejam em alta qualidade sempre

É claro, que a legenda também precisa ser atrativa, mas a imagem é o principal ao vender pelo Instagram.

  • Faça o cliente sentir que precisa da sua solução

Como você faz isso? É simples: fotos de pessoas usando seu produto.

A imagem de alguém realmente usando produto gera muito mais vendas do que uma imagem só do produto com um fundo simples. 

Então, lebre-se: você tem que conseguir mostrar ao usuário como a vida dele vai ser muito melhor depois de comprar seu produto.

LinkedIn

  • Faça vídeos dos seus produtos

O LinkedIn prioriza o vídeo como parte de seu algoritmo. 

Considerando que o vídeo está entre os conteúdos mais compartilhados, ele deve definitivamente fazer parte de sua estratégia ao vender nas redes sociais.

Por exemplo, pense em como você pode apresentar funcionalidades exclusivas e relevantes da sua solução em um vídeo rápido. 

Gravar capturas de tela usando o Loom é uma excelente ideia, nesse caso.

  • Considere publicar anúncios no LinkedIn

Assombrosos 65% do mercado B2B já fez uma promoção paga no LinkedIn.

Isso porque os anúncios do LinkedIn são literalmente feitos com a geração de leads em mente.

Estes anúncios podem ser construídos para atingir um público-chave com base em parâmetros específicos, como setor, cargo e tamanho da empresa.

Checklist para vender nas redes sociais

A seguir, montamos um checklist com tudo o que você precisa fazer para vender nas redes sociais com a máxima eficiência.

Com esse checklist você tem tudo o que precisa para começar a vender nas redes sociais
Aqui está tudo o que você precisa para começar a vender nas redes sociais

Conclusão

Vender nas redes sociais não é uma atividade única. É algo que deve ser usado em conjunto com as técnicas tradicionais de prospecção.

Ainda que possa ser difícil começar, especialmente se você for novo na mídia social, os benefícios superam os desafios.

Uma coisa é certa: potenciais clientes, clientes e concorrentes usam as redes sociais para negócios. 

Então, você pode fazer como eles e ver suas vendas crescerem ou ignorar isso e acabar ficando para trás. 

Com tudo o que você aprendeu aqui, vender nas redes sociais deixa de ser um desafio e passa a ser uma realidade. É só se organizar e colocar nossas dicas em prática e os bons resultados aparecerão.

Sucesso!

Anna Karas    <i class="fab fa-linkedin"></i>
Anna Karas  

Sou Administradora por formação e - em algum ponto da minha carreira - me apaixonei pelo Marketing (desde então não larguei ele mais). Cinéfila, viciada em música, mãe de um gatinho lindo e amante de viagens.

Veja todos os artigos da Anna  
posts recentes
Aprenda o que é cold mail e como usá-lo para vender mais com nossos modelos, templates e dicas especiais

Descubra o que é cold mail, conheça sua estrutura e aprenda como escrever e-mails que vendem usando nossos modelos de template.

Aprenda como fazer vendas pelo WhtasApp com dicas para abrodar clientes usando a rede de ativa, passiva, exemplos de abordagem de clientes e scripts

Seu comercial ainda não trabalha com vendas pelo WhatsApp? Então, entenda como fazer a melhor abordagem nesse canal e potencialize seus resultados comerciais!

Descubra como vender nas redes sociais em 4 passos, 3 dicas imbatíveis e seguindo estratégias para as 3 principais mídias

Aprenda os 4 passos fundamentais para vender nas redes sociais e confira dicas de boas práticas para as 3 principais entre elas.

Descubra o que é e como aplicar o SPIN Selling com eficiência para ter vendas mais assertivas

Aprenda a usar a metodologia mais utilizada em vendas – desenvolvida com base na análise de mais de 35.000 ligações comerciais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *