Pesquisar

Como fazer marketing digital: passo a passo para começar

67 / 100

Se você chegou até aqui talvez você já saiba da importância do marketing digital para os negócio da sua empresa. Você já deve saber que hoje, com a transformação dos processos de compra, a internet virou uma verdadeira vitrine para o seu negócio. Colocar seu negócio no mundo online virou muito mais do que uma opção para aumentar as vendas, e sim uma necessidade para manter sua empresa no páreo com empresas que, muito provavelmente, já estão adaptadas com essa nova realidade.

Porém, é comum ficar um pouco perdido sobre como funciona o marketing digital e como implantá-lo na prática. Por isso resolvemos te dar uma mãozinha. Confira um passo a passo para começar o marketing digital na sua empresa:

1. Identifique os objetivos que pretende atingir

Que você quer que sua marca esteja presente na internet você já sabe, mas o que você pretende com isso? Defina onde você quer chegar para poder escolher as estratégias certas para atingir seus objetivos. Os objetivos de marketing digital mais almejados pelas empresas são:

  • Tornar a sua marca mais conhecida (atingir um número maior de pessoas)
  • Começar a gerar leads (potenciais consumidores) através da internet
  • Fazer com que os leads realmente se tornem clientes
  • Melhorar a imagem institucional da sua marca
  • Manter um bom relacionamento e fidelizar clientes
  • Tornar a sua empresa uma referência do segmento

É normal que você identifique mais de um ou todos esses objetivos. Analise o seu público-alvo e a situação que sua empresa se encontra, identificando o que precisa melhorar e o que pode ser feito através do marketing digital.

2. Deixe suas contas nas redes sociais prontas para começar

Se sua empresa ainda não está por lá, agora ela precisa estar. As redes sociais mais usadas pelas empresas são o Facebook, o Instagram e o Twitter, mas isso varia de negócio para negócio. Se você já possui redes sociais, garanta que os endereços e dados para contato estão atualizados e que o nome de usuário é fácil de ser encontrado. No Facebook, ajuste a página e não a deixe sem fotos de perfil e de capa, pois isso passa a impressão de que o negócio está desativado.

3. Prepare o seu site e o seu blog

Se um dos seus objetivos de marketing for atrair clientes e convertê-los, o site e o blog da sua empresa precisarão estar funcionando melhor do que nunca. Se você for atrair clientes através de anúncios do Google, Facebook, eles serão direcionados para o seu site. Lá dentro, eles encontrarão landing pages e call-to-actions que vão incluí-los em um funil de vendas.

Ou seja: a grande maioria da estratégia do marketing digital está focada no seu site. Ele precisa ser atraente, com textos bem escritos, pouco poluído visualmente, responsivo e deve apresentar todas as informações que o cliente precisa saber, assim como seu blog deve ser equipado com conteúdos de qualidade, escritos com base em técnicas de SEO.

4. Defina qual será o seu investimento

Ainda tem muita gente acha que fazer marketing digital é apenas atualizar as redes sociais e ter um site legal. Porém, você já deve saber que a coisa é mais complexa do que imagina. Existem algumas etapas que um amador pode fazer sozinho, porém, outras etapas não dispensam a ajuda de um profissional. Se bem feito, o marketing pode chegar a duplicar e até triplicar as suas vendas. O “fazer por fazer” não dá resultado. Portanto, se for para levar sua marca para o meio digital, que seja bem feito, caso contrário, o “tiro pode sair pela culatra”.

Se não puder contratar um profissional full time para traçar sua estratégia de marketing digital e colocá-la em prática, considere encontrar uma consultoria mensal, ou algo do tipo. Além disso, considere que será preciso fazer a criação de conteúdos para o blog, mídias sociais e materiais de conversão. Não esqueça também do valor que será investido em mídia online (anúncios de Google Adwords, Links Patrocinados, Facebook Ads, etc.).

5. Crie landing pages

As landing pages, ou páginas de conversão, possuem menos elementos que uma página tradicional e são inseridas nos sites com o objetivo específico de converter visitantes. A ideia é conseguir converter o usuário, incentivando-o a cumprir uma ação dentro do site (clicar em um botão de compra, preencher um formulário para baixar um material, etc.).

Em suma, o objetivo principal é fazer com que ele passe de um visitante a uma oportunidade de negócio.

Em uma landing page, só há uma ação para ser realizada e o pouco conteúdo textual da página será estrategicamente escrito para convencer a efetuar essa ação e evitar que o visitante saia do site sem deixar nenhum contato.

Use o software que a sua empresa escolheu para inserir landing pages oferecendo conteúdos ricos (e-books, webinars, planilhas, templates, etc.) para que os visitantes vejam vantagem em preencher um formulário com seus dados em troca do conteúdo que lhe será muito útil.

Posts recentes
Descubra o que é PQL, quem pode usar e como criar uma estratégia para captá-alo e convertê-lo em cliente

O PQL é um lead que já usou seu produto, seja em teste ou uma versão gratuita, portanto entende o valor da sua solução. Saiba como captá-lo e convertê-lo em cliente.

Você sabe o que é 5W2H? Trata-se de perguntas que ajudam a organizar ideias e ações de forma clara e objetiva. Aprenda a usá-lo para vender

Você sabe o que é 5W2H? Trata-se de perguntas que ajudam a organizar ideias e ações de forma clara e objetiva. Aprenda a usá-lo para vender!

Descubra como fazer um fluxo de nutrição passo a passo

Construir e manter um fluxo de nutrição para leads qualificados pode ser o segredo para aumentar suas vendas. Descubra como montar o seu.

Saiba o que é ongoing, sua importância e como aplicar em seu comercial

O ongoing é ajudar o cliente a alcançar marcos de sucesso com a solução que você vendeu a ele. Veja como colocá-lo em prática em 6 passos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe

Inicie agora seu teste gratuito de 7 dias na plataforma Leads2b

plataforma go-to-market

Mais que um CRM ou uma ferramenta de Marketing.

Plataforma Go-to-Market (GTM) para empresas desenvolverem inteligência e eficiência para vender mais e melhor.